baner principal com título e logo do estado
Imprimir

Current Size: 100%

  • Preto/White
  • White/Preto
  • Yellow/Azul
  • Standard

Current Style: Standard

Governo inaugura primeiro terminal hidroviário de Terra Santa

Governo inaugura primeiro terminal hidroviário de Terra Santa

Mais de 18 mil moradores do município de Terra Santa, na região do Baixo Amazonas, no oeste do Pará, contam agora com o primeiro Terminal Hidroviário de Cargas e Passageiros da cidade, obra realizada pelo governo do Estado, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH). A inauguração do novo espaço foi realizada nesta sexta-feira (28) e contou com a presença do governador Helder Barbalho; do prefeito municipal, Odair Albuquerque; do presidente da CPH, Abraão Benassuly, e demais autoridades.

 

Com financiamento da Caixa Econômica Federal, o novo terminal foi orçado em R$ 3.889.594 milhões e tem 744 metros quadrados de área total, entre obras civil e naval. O espaço compreende, ainda, um terminal de cargas, carrinhos para bagagem, guichês para vendas de passagens, banheiros masculino, feminino e para portadores de necessidades especiais, além de cumprir com os padrões de acessibilidade estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

 

"Além de interligar os municípios do Pará, o terminal hidroviário de Terra Santa vai fazer a conexão com o estado do Amazonas, em especial com a cidade de Parintins e Manaus. Foi uma obra que durou um ano e seis meses, que começou quando o então Ministro dos Portos, atual governador, ajudou na aprovação do projeto que é entregue para a população, um espaço super moderno e confortável", destaca o presidente da CPH, Abraão Benassuly.

 

 

Já considerado ponto turístico da cidade, o terminal, que fica às margens do Lago Algodoal, vai permitir uma mobilidade mais eficiente para os cerca de 600 usuários que o local deve receber por dia. Com intensa atividade portuária, vai ser a porta de entrada e saída de Terra Santa, que tem como principais atividades econômicas a agropecuária, comércio e turismo.

 

Para o morador de Terra Santa, Milenilson Freitas, a inauguração representa um marco histórico para a cidade. "É um sonho antigo para a população que vem sofrendo ano a ano com as chuvas no inverno amazônico. Hoje, podemos contar com algo nosso, de qualidade, padrão e isso demonstra para as pessoas de fora que o município é bonito, está começando a crescer e se desenvolver", ressaltou o operador de equipamentos. "A visita do governo aqui é um orgulho e alegria grande pra gente, porque demonstra o carinho que ele tem pelos municípios do Pará, de modo especial para Terra Santa", completou.

 

Terminais – Desde o início do ano, a CPH vem trabalhando em ritmo acelerado em obras de mobilidade e infraestrutura hidroviária no Pará. Além de Terra Santa, atualmente, estão sendo construídos outros seis terminais hidroviários na região do Baixo Amazonas: Santarém, Santana do Tapará, Almeirim, Curuá, Faro e Prainha. As obras totalizam R$ 82.102.809,31, com recursos financiados pela Caixa.

 

Pelo cronograma de obras na CPH, o terminal de Curuá deverá ser concluído em setembro, enquanto que os de Almeirim, Prainha e Faro deverão ser finalizados em novembro, e o de Santana do Tapará, em dezembro. Já o Terminal Hidroviário de Cargas e Passageiros de Santarém, com previsão de entrega para março de 2020, já desponta como o mais moderno do Brasil. A previsão é de que, depois de entregue, o espaço receba, em média, 5 mil passageiros por dia. Orçada em R$ 59.884.105,61 milhões, a obra é realizada no bairro da Prainha e vai melhorar a mobilidade para mais de 302 mil usuários no município.

 

"Quero começar agradecendo a Deus e ao governador, que fez questão de estar presente em Terra Santa para entregar esse terminal hidroviário belíssimo que a cidade necessitava. Fico feliz em ver o Helder iniciando outras obras, como também não vai deixar nenhuma inacabada, isso é muito importante", destacou o deputado Federal, Júnior Ferrari.

 

 

 Visitas – Ainda em visita pelo município de Terra Santa, o chefe do Poder Executivo visitou as obras da Escola Estadual Antônio Cândido Machado, que passa por reforma geral e ampliação, para construção do bloco administrativo, salas, banheiros, copa, quadra de porte coberta, laboratórios de informática e multidisciplinar. Os recursos são financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em um valor aproximado de R$ 3 milhões.

 

Em construção desde o início de 2018, o estádio municipal de Terra Santa também foi visitado pelo governador. Helder se comprometeu em ajudar a finalizar a obra para a população.

 

"É uma satisfação entregar essa importante obra para uma região fantástica, que tem os rios como suas ruas. Temos agora um local adequado para o embarque e desembarque de pessoas e dos produtos. Isso tudo é uma demonstração de que nós estamos avançando para garantir serviços em todos os municípios e que as distâncias não representem a proibição do Estado estar presente. Temos, ainda, as obras da escola e do estádio. A escola, se Deus quiser, em novembro eu volto para entregar", ressaltou o governador do Estado, Helder Barbalho.

 

por Agência Pará/ Fotos: Marcelo Seabra (Agência Pará) 

Copyright © 2012 - CPH (Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará)

Av. Generalíssimo Deodoro, 367
CEP: 66050-160, FONE: (91) 3221-4100
Umarizal - Belém - Pará

selo de validação w3c selo de feito em drupal selo de feito pela PRODEPA