fale conosco Fale Conosco mapa do site mapa do site feeds rsstwitter

https://paperio-live.com/
https://pmasites.com/https://casinositeleriniz.com/https://fbhesq.com/
Spanishenglish.com spanishenglish.com makes it easy to translate Spanish to English, and it also helps to translate English to Spanish for free.
Ingilizce Turkce ceviri, Turkce Ingilizce ceviri, ingilizce turkce cumle ceviri, ingililizceyi turkceye ceviri gibi tum dillerde dogru ceviri hizmetleri bu sitede. ingilizceturkce.gen.tr
Replica Designer watches
https://babesoflondon.com/
bostanci escortanadolu yakasi escort
http://istanbulartsnob.comhttp://istanbullies.com/

baner principal com título e logo do estado
Imprimir

Current Size: 100%

  • Preto/White
  • White/Preto
  • Yellow/Azul
  • Standard

Current Style: Standard

Governo do Estado entrega o Terminal Hidroviário de Limoeiro do Ajuru

Governo do Estado entrega o Terminal Hidroviário de Limoeiro do Ajuru

Nesta terça-feira (17), o governador do Estado, Helder Barbalho, entregou o terminal hidroviário de Limoeiro de Ajuru, no Baixo Tocantins. A obra contou com um investimento do Governo do Pará, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), superior a R$ 1,4 milhão para atender aos padrões estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Ao todo, o novo terminal beneficia quase 30 mil pessoas da cidade, além dos moradores dos municípios da Região de Integração do Tocantins.

 

Em seu discurso, o chefe do executivo Estadual relembrou o importante papel do terminal no período da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus. "Entregamos hoje o terminal hidroviário, pois eu não pude estar aqui em 2020, por conta da pandemia. Naquele momento a gente não podia esperar para que o terminal fosse aberto para a população poder utilizar. Hoje, volto aqui em Limoeiro do Ajuru para entregar esse equipamento, mais uma obra do nosso governo para ajudar a região do Baixo Tocantins", ressaltou Helder Barbalho.

 

Em 2020, durante a pandemia da Covid-19, o governo do Estado autorizou o início do funcionamento do terminal. Na ocasião, foi criado pela prefeitura municipal um centro de monitoramento de embarque e desembarque de passageiros para prevenir o contágio pelo vírus na região. Além de promover o turismo, o novo porto vai garantir também o escoamento da produção de açaí e pesca, principais atividades econômicas do município.

 

O prefeito municipal, Alcides Barra falou da importância da parceria com o governo do Estado. "O município de Limoeiro do Ajuru precisa da mão amiga do governo do Estado, que tem sido um grande parceiro. Ao todo, já recebemos mais de R$ 5 milhões em investimento. Hoje, entregamos o terminal hidroviário, investimentos na área de assistência social, certificados do Qualifica Pará, entre outros", disse o gestor.

 

O projeto de reconstrução do terminal de Limoeiro de Ajuru foi retomado no início de 2019 e compreendeu a instalação de rampa articulada para acesso ao flutuante principal; pintura geral; revisão e recuperação de instalações elétricas, hidrossanitárias e da cobertura do espaço. O terminal também passa a dispor de novo mobiliário para a sala de espera, bebedouro, televisor, comunicação visual, paisagismo, extintores de incêndio, guichês para vendas de passagens e salas para órgãos oficiais do Estado.

 

Para a dona de casa, Neli Ramos, de 40 anos, é uma honra poder ter um espaço como o do novo Terminal, algo que os moradores de Limoeiro nunca tiveram. "É uma honra para nós termos agora este Terminal. É algo muito importante poder ter esse espaço que a gente nunca teve. Antes a travessia de embarcações era muito difícil e agora facilitou demais", comemorou a moradora.

 

De acordo com o levantamento realizado pela Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), dos 144 municípios paraenses, 50,3% são atendidos pelo modal hidroviário, e 25% deles, ou seja, 31 municípios dependem dos rios para o transporte de pessoas e cargas. Todos os terminais hidroviários contam com infraestrutura com banheiros, cadeiras confortáveis, carrinhos para bagagens, guichês para vendas de passagens, lanchonetes, TV's, bebedouros e salas para órgãos do Estado.

 

Estrutura

 

Com 358.00m² de área civil construída e 457.13m² de área total, com os equipamentos navais compostos de 1(uma) plataforma metálica fixa de 6.50m x 2.00m, 1(uma) rampa metálica articulada de 20m x 1.20m, 1(uma) torre metálica de sustentação, 1(um) berço metálico de sustentação. A embarcação tipo flutuante, embarcação sem propulsão que opera em local fixo e determinado, com dimensões de 15m x 5m x1,5 m.

 

Em virtude das variações das marés, os terminais possuem rampas metálicas articuladas e flutuantes cobertos, além de sistemas de amarrações e fundeios, o que garante o uso em períodos de seca ou cheia dos rios.

 

Por Caroline Rocha (IASEP) 

Copyright © 2012 - CPH (Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará)

Av. Generalíssimo Deodoro, 367
CEP: 66050-160, FONE: (91) 3221-4100
Umarizal - Belém - Pará

selo de validação w3c selo de feito em drupal selo de feito pela PRODEPA