baner principal com título e logo do estado
Imprimir

Current Size: 100%

  • Preto/White
  • White/Preto
  • Yellow/Azul
  • Standard

Current Style: Standard

Terminal Hidroviário de Algodoal já tem estudo de impacto ambiental

Terminal Hidroviário de Algodoal já tem estudo de impacto ambiental

O Terminal Hidroviário Turístico de Algodoal, que será construído em breve na região de integração do Guamá pela Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), já tem estudo de impacto ambiental concluído, bem como, o projeto executivo. O próximo passo é a abertura de processo licitatório para contratação da empresa responsável pela obra, que vai beneficiar cerca de 30 mil habitantes do município de Maracanã. O objetivo do governo do Estado é fomentar a atividade turística na ilha, que recebe milhares de visitantes todos os anos.

 

"Importante ressaltar que o estudo de impacto ambiental da área já foi concluído. Todos os nossos projetos são pautados pela sustentabilidade e no terminal hidroviário de Algodoal vamos ter o reaproveitamento da água da chuva e utilização de materiais sustentáveis, por exemplo" - Hugo Hachem, presidente em exercício da CPH do Pará.

 

O terminal será construído na Área de Proteção Ambiental (APA) de Algodoal Maiandeua, que abrange 3.100,34 hectares. A estrutura hoje utilizada para embarque e desembarque de passageiros está em condições precárias e fora dos padrões estabelecidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O local também não possui conjunto naval e não proporciona acessibilidade e segurança aos usuários.

 

A nova estrutura contará com cadeiras confortáveis, banheiros, quatro guichês para vendas de passagens, lanchonete, loja para venda de artesanato e bebedouro. Já a obra naval consiste na instalação de duas rampas metálicas biarticuladas cobertas e flutuante coberto, para embarque e desembarque de passageiros.

 

Licitação – No último dia 5 de outubro, em Maracanã, o governador do Estado, Helder Barbalho, autorizou a abertura do processo licitatório de construção do terminal, destinado a passageiros que buscam a localidade como destino turístico, mas também para atendimento da população da vila e de localidades próximas, que utilizam o transporte hidroviário como principal meio de acesso à sede do município.

 

"Essas obras que estamos trazendo para Maracanã são muito importantes para gerar emprego e fortalecer o turismo aqui, para que venha gente para cá, para gerar emprego e renda, pra trazer desenvolvimento para Maracanã, e assim possamos dar as condições efetivas para que essa cidade possa se desenvolver" - governador Helder Barbalho. 

 

 

Por Bruno Magno (Ascom/CPH)

Foto: Arquivo/Agência Pará

Copyright © 2012 - CPH (Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará)

Av. Generalíssimo Deodoro, 367
CEP: 66050-160, FONE: (91) 3221-4100
Umarizal - Belém - Pará

selo de validação w3c selo de feito em drupal selo de feito pela PRODEPA